Em entrevista ao Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, nesta quarta-feira (3), a deputada estadual e agora pré-candidata a senadora Pollyanna Dutra (PSB) disse que espera reverter o apoio do Republicanos para si. Hoje o partido apoia Efraim Filho (União Brasil), também pré-candidato ao Senado, mas que integra a chapa de Pedro Cunha Lima (PSDB).

Pollyanna negou os rumores de que o ex-presidente Lula (PT) indicou o seu nome para compor a chapa majoritária do governador João Azevêdo (PSB) como candidata ao Senado. No entanto, a deputada disse estar alinhada com o ex-presidente e que o apoiará nas eleições presidenciais deste ano.

A parlamentar afirmou que antes de ser candidata ao Senado, nenhum dos que já estavam postos (Ricardo Coutinho, Bruno Roberto, Pastor Sérgio Queiroz, Alexandre Soares ou Efraim Filho) era sua opção de voto.

“Eu trago um elemento novo na disputa. Trago a discussão da fome, da vida real das pessoas, das desigualdades sociais, tratar o Sertão de forma integral. Trago soluções para a chapa, para o povo”, disse.

Pollyanna revelou também prever o apoio até do partido Republicanos para sua candidatura, afirmando que o elemento ‘Sertão da Paraíba’ poderá servir como apelo para tal.

“Não quero mexer no tabuleiro da política não, mas quero dizer que a base republicana é sertaneja”, opinou.

Por último, a pré-candidata disse que a chapa do governador João Azevêdo é completa, seja na questão democrática, seja nos partidos que compõem a base aliada. Pollyanna afirmou que também irá pedir apoio à senadora Daniella Ribeiro (PSD).