Os gêmeos siameses que nasceram unidos pelo crânio, Arthur e Bernardo Lima, de 3 anos, foram separados após 27 horas de cirurgias.

As cirurgias foram realizadas por médicos brasileiros e britânicos no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, no Rio de Janeiro. Segundo a Gemini Untwined, instituição britânica especialista em cirurgias de separação, o caso dos brasileiros foi o mais complexo realizado até então.

Os gêmeos estão se recuperando bem no hospital e passarão por reabilitação de seis meses. Veja imagens de antes e depois da cirurgia.