Um empresário de Campo Grande sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu após realizar plástica no rosto em hospital de Mato Grosso do Sul. Paulo Roberto Hans, de 65 anos, veio a óbito um dia após o procedimento no Hospital da Plástica (HPLAS).

Paulo fez a plástica na na tarde de quinta-feira (4/8), foi transferido para o quarto e teve alta. Já em casa, o empresário sentiu tontura e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado. Ele teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu, apesar da tentativa dos bombeiros de reanimá-lo por 35 minutos.

De acordo com informações do portal parceiro do Metrópoles em Mato Grosso do Sul, Topmídia, a unidade de saúde onde a cirurgia foi realizada responde duas ações por erros médicos graves.

 

Metrópoles