O ex-governador Ricardo Coutinho (PT), pré-candidato ao Senado, suplicou à ministra do STF Rosa Weber a análise do seu pedido de liminar que o permitiria disputar as eleições deste ano. Ricardo busca derrubar a inelegibilidade imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o blog do Wallison Bezerra, os advogados lembraram à ministro sobre o final do prazo de registro de candidaturas, na segunda-feira (15).

A defesa do ex-governador lembra ainda que o nome dele foi escolhido pelo PT em convenção no último dia 5 para disputar o cargo de senador pelo Estado da Paraíba.

“Observa-se um constante recrudescimento nos motivos que fundamentam a urgência na concessão da tutela provisória, à medida em que são vencidas as etapas do processo de candidatura de Ricardo Vieira Coutinho”, diz a petição.

Ricardo foi condenado por abuso de poder nas eleições de 2014, quando foi reeleito governador, na ocasião, disputando contra Cássio Cunha Lima (PSDB).

WSCOM