Foto: Reprodução

O Google anunciou nesta 5ª feira (18.ago.2022) que ampliará os dados disponíveis no seu “Relatório de Transparência de Anúncios Políticos”, lançado no final de junho. A partir do início de setembro, também será possível consultar informações sobre anúncios relacionados às eleições estaduais.

No momento, a ferramenta reúne anúncios que mencionam políticos eleitos para cargos federais, candidatos e partidos. É possível ver os anúncios veiculados em plataformas como o YouTube e sites que usam o AdSense (serviço de anúncios do Google), período, valor e nome de quem pagou por eles.

Antes de serem publicados, os anúncios classificados como propagandas políticas passam por um processo de verificação que leva alguns dias.

Segundo o Google, o mesmo acontecerá com políticos eleitos, candidatos e partidos ao nível estadual. Os anunciantes estão sendo comunicados sobre a atualização na política de conteúdos da empresa.

Já é possível ver algumas propagandas de candidatos a governador ao navegar pelo relatório. Isso acontece porque os anúncios mencionam candidatos federais e, assim, entram no escopo da política de anúncios eleitorais em vigor.

Nesta semana, com o começo oficial da propaganda eleitoral, o Google superou a marca de 3.000 anúncios incluídos no relatório, informou a equipe de comunicação da empresa de mídia em comunicado.

O Google reconhece que “a publicidade on-line tem um papel central no processo eleitoral”. Afirma que a ampliação do escopo do relatório de anúncios visa oferecer transparência no processo eleitoral brasileiro.

PODER 360