A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Maria Claudia Bucchianeri negou um pedido do ex-presidente Lula (PT) para que sejam retiradas do ar postagens em que Jair Bolsonaro (PL) associa falsamente o petista à facção criminosa PCC.

Bolsonaro postou um vídeo de uma reportagem da TV Record que mostra um áudio de uma interceptação telefônica em que um líder do PCC diz: “com o PT nois (sic) tinha diálogo”.

A ministra justificou: “sem exercer qualquer juízo de valor sobre o conteúdo da conversa interceptada, se verdadeira ou não, o fato é o de que a interceptação telefônica trazida na matéria jornalística compartilhada e comentada pelo representado é real, ocorreu no contexto de determinada operação coordenada pela Polícia Federal, de sorte que a gravação respectiva é autêntica, o que não implica, volto a dizer, qualquer análise de mérito sobre a procedência, ou não, daquilo o quanto dito pelas pessoas cujas conversas estavam sendo monitoradas”.

 

WSCOM