Foto: Paraibaonline

Marcelo Weick, advogado do PSB, falou sobre como a legenda recebeu o pedido do Partido dos Trabalhadores na Paraíba e do candidato a governador da Paraíba pelo MDB, Veneziano Vital do Rêgo, de impedimento da veiculação da imagem do candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva, junto à imagem do governador e candidato à reeleição, João Azevêdo (PSB).

“Já era esperada essa tentativa de tumultuar o processo eleitoral. Todo mundo sabe que o governador, que é do PSB, e o PSB compõe a aliança nacional para a eleição do presidente Lula, com Geraldo Alckmin, que inclusive o governador João Azevêdo participou da convenção do PSB e votou para a consolidação da aliança nacional entre Lula e Alckmin”, disse.

O advogado declarou que há uma tentativa de Veneziano de “tentar buscar uma exclusividade” e considerou que “quem está cometendo um ato de infidelidade é o próprio candidato do MDB”, tendo em vista que Simone Tebet está na disputa pela presidência pela sigla.

A juíza auxiliar da propaganda eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Francilucy Rejane de Sousa, negou, nesta terça-feira (23), um pedido feito pela coligação de Veneziano Vital do Rêgo, candidato ao Governo da Paraíba pelo MDB, para impedir o também candidato João Azevêdo (PSB) de utilizar, em sua campanha, a imagem de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Paraíba Online