O ex-piloto Nelson Piquet discursa durante cerimônia em Porto Velho. (Foto: Anderson Riedel/Presidência)

A campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu uma doação de R$ 501 mil do ex-piloto Nelson Piquet. Essa é a maior doação recebida até agora por Bolsonaro, excluindo os repasses do seu partido.

Piquet é um aliado de Bolsonaro e já esteve com o presidente diversas vezes em seu mandato. No 7 de Setembro do ano passado, ele dirigiu o Rolls-Royce que levou Bolsonaro à cerimônia de hasteamento da bandeira, no Palácio da Alvorada.

No sábado, o ex-piloto acompanhou Bolsonaro durante uma visita a Resende. Ao lado de Piquet, o presidente passou mais uma hora acenando para motoristas na Via Dutra.

A campanha de Bolsonaro já recebeu R$11 milhões em repasses financeiros, sendo que R$ 10 milhões vieram do seu partido. Na quarta-feira, foi registrado um repasse de R$ 5 milhões do fundo eleitoral, mecanismo que o presidente criticava. Nesta sexta, a referência ao fundo eleitoral sumiu e aparecem R$ 10 milhões referentes ao fundo partidário.

O fundo partidário é pago todos os anos para os partidos, enquanto o fundo eleitoral é repassado somente em anos de eleição. Os dois são abastecidos com dinheiro público.

O Globo