Um tremor de terra foi registrado na região de Belém do Brejo do Cruz, Paraíba, na manhã desta segunda-feira (29). Segundo o Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que monitora a atividade sísmica no Nordeste brasileiro, moradores do município conseguiram sentir e ouvir o abalo.

O tremor teve magnitude preliminar calculada em 1.8 mR. Na última quarta-feira (24), outro tremor, de magnitude preliminar calculada em 2.2 mR, também foi registrado na região.

Segundo especialistas, o tremor registrado nesta segunda (29) pode ser captados apenas por sismógrafos. No entanto, moradores da região relataram que sentiram o impacto. No caso do tremor da quarta-feira (24), o impacto é semelhante à passagem de um veículo grande e pesado.

O geofísico do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Eduardo Meneses, informou que o tremor nessa magnitude não representa um problema para as estruturas.

De acordo com Eduardo, os eventos estão sendo estudados para que possam saber se é um efeito natural da terra, ou não.

“Devido à proximidade do epicentro com a área urbana é normal sentir o tremor. Estamos estudando para saber se é um evento natural… Uma falha geográfica. O laboratório continua monitorando o local para a gente ver esses efeitos”, disse.

G1