Foto: Arte G1

A Federação das Associações do Estado da Paraíba (Famup) elaborou um documento contendo algumas sugestões com o objetivo de contribuir com o plano de governo dos candidatos ao Governo do Estado da Paraíba. A proposta está sendo entregue a cada um dos oito postulantes ao cargo para serem analisadas e possivelmente incluídas nos seus respectivos planos.

“Nossa intenção é unicamente poder colaborar com as propostas de governo dos candidatos que disputam o comando no nosso Estado. Elaboramos, por meio da nossa assessoria técnica, de forma simplificada, algumas sugestões nas áreas do turismo, indústria e agricultura. Esperamos contribuir para que tenhamos uma Paraíba ainda melhor e mais desenvolvida com o fortalecimento dos municípios”, destacou George Coelho, presidente da Famup.

No setor da indústria, foi sugerido o início de ações visando a construção do Complexo Industrial Portuário da Paraíba, a fim de proporcionar condições para o aporte, na Paraíba, de grandes conglomerados industriais que promoverão o emprego em massa, com reflexo em todo o estado, (20.000 postos de trabalho). Entre as ações também está a atualização do projeto conceitual de engenharia existente, desapropriações, constituição da empresa a gerir o empreendimento, elaboração dos projetos executivos de engenharia, autorizações, licenças e licitações.

Já na área da agricultura, o foco é na integração das águas do São Francisco ao projeto de irrigação Várzeas de Sousa, liberando assim o Canal da Redenção para promover agricultura irrigada e núcleos de piscicultura nas regiões de São Vicente de Pombal, São José da Lagoa Tapada e Pombal, cujos estudos iniciais já foram realizados em governos anteriores. Entre as ações ta a construção, em caráter de urgência, de um dique de proteção a fim de garantir a integridade do projeto Várzeas de Sousa por ocasião de iminentes enchentes do Rio Piranhas que foi recentemente perenizado e que corta o referido projeto.

Na área do turismo, a Famup sugere a integração da Paraíba via litoral aos dois estados vizinhos (Pernambuco e Rio Grande do Norte) com o objetivo de trazer para o território atividades turísticas já exploradas e desbravar áreas costeiras como praias e outros recantos de real potencial turístico, sobretudo no litoral norte.

Entre as ações a serem implementadas estão: Duplicação da PB 008 sul, até a fronteira com Pernambuco (45 Km); Construção da PB 008 norte, até os limites do Rio Grande do Norte (100 Km), tendo como ponto de partida a ponte Cabedelo/Costinha; além de garantir o desenvolvimento do potencial turístico do município de Cabedelo com a construção de um moderno terminal de passageiros na área portuária a fim de integrar a Paraíba aos cruzeiros nacionais e internacionais.

Também é sugerida a construção de hotéis turísticos no município de Cabedelo; a utilização da Fortaleza de Santa Catarina para um espetáculo internacional de som e luz, encenando ali batalhas navais ocorridas no Brasil colônia, a exemplo do espetáculo que acontece no município de Gramado (RS), além da organização de “City Tours” de João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo.

Confira as sugestões na íntegra

WSCOM