Rainha Elizabeth II faleceu no dia 8 de setembro aos 96 anos

O Palácio de Buckingham confirmou neste sábado (10.set.2022) a data do funeral da rainha Elizabeth 2ª. A cerimônia será em 19 de setembro, na Abadia de Westminster, às 11h (7h no horário de Brasília).

Segundo o cronograma oficial, o caixão da rainha irá para o Parlamento britânico na próxima 4ª feira (14.set) e ficará no local por 4 dias. Nesse período, o público poderá prestar suas homenagens à monarca. Eis a íntegra do cronograma (97 KB, em inglês).

A morte da rainha Elizabeth 2ª na 5ª feira (8.set) é acompanhada de um plano elaborado há anos. Chamada de Operação London Bridge, o cronograma de 10 dias estabelece as ações do Palácio de Buckingham e do governo britânico depois da morte da monarca.

No caso, a contagem é realizada de 0 a 10, sendo o dia D a data que a rainha morreu (8.set) e o D+0, a data seguinte (9.set).

O caixão de Elizabeth permanece no Castelo Balmoral, na Escócia, neste sábado (10.sab). Eis o trajeto que ele fará nos próximos dias.

  • Domingo (11.set): vai para o Palácio de Holyroodhouse, em Edimburgo (Escócia). Horário ainda não informado;

Divulgação/Wikimedia Commons

Caixão da rainha Elizabeth 2ª sairá do Castelo Balmoral, onde morreu, para o Palácio de Holyroodhouse (foto) em 11 de setembro

  • 2ª feira (12.set): procissão do Palácio de Holyroodhouse até a Catedral de St. Giles. O rei Charles 3º e outros membros da família real participam. Horário ainda não informado;
  • 3ª feira (13.set): caixão permanece na Catedral de St. Giles até a tarde. Nesse período, o público poderá prestar suas homenagens. Depois segue para o aeroporto de Edimburgo e embarca em um avião da Força Aérea Real. A princesa Anne, filha de Elizabeth, acompanhará o caixão na viagem. À noite, chega na base de Raf Northolt, em Hillingdon, bairro de Londres, e segue para o Palácio de Buckingham. Horários ainda não informados;

Divulgação/Wikimedia Commons

Caixão da rainha Elizabeth 2ª permanece na Catedral de St. Giles (foto) até a tarde de 13 de setembro. O público poderá prestar suas homenagens

  • 4ª feira (14.set): procissão do Palácio de Buckingham até o Parlamento britânico. Um serviço religioso é realizado pelo arcebispo da Cantuária, Justin Welby, no Parlamento. O  público poderá prestar suas homenagens por 4 dias. Horários ainda não informados;

Divulgação/Wikimedia Commons

No Parlamento britânico (foto), o público poderá prestar suas homenagens à rainha de 14 a 18 de setembro

  • 2ª feira (19.set): pela manhã, o caixão viaja em procissão do Parlamento britânico até a Abadia de Westminster, onde será realizado o serviço funeral de Estado.

Divulgação/Flickr

Serviço funeral do Estado da rainha Elizabeth 2ª será na Abadia de Westminster (foto). O rei Charles 3º e outros membros da família real participam. Também devem comparecer líderes de outros países  

Depois do funeral, o caixão da rainha Elizabeth 2ª viaja no mesmo dia (19.set) em outra procissão da igreja até o Arco de Wellington, no Hyde Park.

Divulgação/Wikimedia Commons

No Arco de Wellington (foto), no Hyde Park, o caixão da rainha Elizabeth 2ª será transferido para o carro funerário do Estado. Do local, segue para Windsor

Do arco, o caixão segue para Windsor, onde será realizada outra procissão para a Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor. É no local que o caixão será baixado na abóboda real. Atendendo ao pedido de Elizabeth 2ª, a rainha será enterrada ao lado de seu pai, o rei George 6º, da mãe, a rainha mãe Elizabeth, e da irmã, a princesa Margaret.

Divulgação/Wikimedia Commons

A rainha Elizabeth 2ª será enterrada na Capela de São Jorge (foto), mesmo local onde está o rei George 6º, pai da monarca

Leia mais sobre a morte da rainha Elizabeth 2ª:

BOLSONARO AVALIA IR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse neste sábado (10.set) em entrevista à CNN Brasil que sua equipe está fazendo ajustes para tentar conciliar a ida ao Reino Unido com viagem à Assembleia Geral das Nações Unidas.

O compromisso está marcado para 20 de setembro em Nova York (EUA), um dia depois da data do funeral da rainha Elizabeth 2ª.

Poder 360