Pres. Bolsonaro participa da Cerimônia de Cumprimento aos Oficiais-Generais promovidos acompanhado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro ministro da Defesa, Paulo Sérgio, general Braga Netto, comandante do Exercitio general Marco Antônio Freire Gomes e a Brigadeiro Ana Paola. | Sérgio Lima/Poder360 00.set.0000

O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) planeja combinar uma série de viagens pelo país com lives diárias nas redes sociais na reta final da campanha, com foco maior no Nordeste e Sudeste. No Nordeste, o intuito é visitar ao longo do mês Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e a Paraíba.

Apesar de não ser favorito na região, e presidente tem como objetivo tentar reduzir a vantagem do PT e mirar nos eleitores mais pobres que recebem o Auxílio Brasil.

Bolsonaro ainda prometeu fazer transmissões ao vivo diariamente a partir de 22 de setembro para divulgar as candidaturas de aliados, nos mesmos moldes de 2018. Em paralelo, aliados garantem que o presidente vai visitar todas as regiões do país, com foco maior no Sudeste e Nordeste.

No Sudeste, o presidente deve começar por São Paulo, onde aliados querem que ele passe por Bauru, Sorocaba, Campinas e São José do Rio Preto antes do primeiro turno. O objetivo é semelhante. Pessoas próximas querem que ele fale de economia aos eleitores das classes D e E.

“Quando faltar dez dias para as eleições, vamos procurar fazer lives todo dia aqui, como fizemos em 2018. E Bolsonaro vai ser horário eleitoral gratuito mesmo, para não ter dúvida, a gente vai falar de eleições em cada Estado”, disse Bolsonaro na semana passada.

O presidente ressaltou que só pretende divulgar candidaturas de aliados a governos estaduais e ao Senado, por considerar que não terá tempo suficiente para falar de todos os candidatos a deputados.

Estadão