O candidato à reeleição ao governo da Paraíba, João Azevêdo (PSB), declarou que, em 2023, vai criar o Hospital de Clínicas e Traumatologia no Sertão da Paraíba. A declaração foi feita durante entrevista à TV Cabo Branco, nesta segunda-feira (12). De acordo com ele, a medida faz parte de uma série de melhorias na área da saúde.

“Estamos com um projeto para investir nas melhorias e rede pública. Estamos levando para Patos neurocirurgias e cirurgias torácicas. Vamos começar ano que vem o Hospital de Clinicas e Traumatologia, em Patos. Esses investimentos estão mudando a saúde da Paraíba”, declarou.

Modernização da saúde

 

Ainda sobre a área da saúde, João Azevêdo declarou que está fazendo a interiorização de média e alta complexidade, implantando equipamentos importantes, como o de hemodinâmica, em Campina Grande e Patos. “Estamos levando equipamentos para todos os hospitais da rede. Ampliamos no Sertão 26 leitos de UTI e mais de 50 de enfermaria”, disse.

Além disso, em suas propostas, João disse que está implantando, dentro do Projeto Amar, a modernização do prontuário, tornando-o eletrônico e interligando todos os hospitais. O candidato explica como funciona: “o prontuário de um cidadão em João Pessoa ficará disponível em todo o estado”.

Operação Calvário

 

Questionado sobre a Operação Calvário, João Azevêdo diz que está muito tranquilo para falar sobre o assunto. “Eu não fui citado como tendo recebido recurso de qualquer coisa”, declarou.

Ele foi alvo na sétima fase da Operação Calvário. Houve somente mandados de busca e apreensão, determinados para o Palácio da Redenção – sede do governo estadual – e para a Granja Santana – residência oficial do governador.

“Eu jamais fui processado. Tem lá no STJ um procedimento de investigação que está parado há muito tempo porque nada foi encontrado, porque nada da minha vida tem associação com a Calvário”, diz.

Entrevistas na TV Cabo Branco

 

João Azevêdo foi o primeiro candidato a participar da série de entrevistas do JPB1. Os próximos serão Pedro Cunha Lima (PSDB), na terça-feira (13); Nilvan Ferreira (PL) na quarta-feira (14); Veneziano Vital do Rêgo (MDB) na sexta-feira (16); e Adjany Simplicio (PSOL) no sábado (17).

As entrevistas começam às 11h45. Os candidatos vão ter 25 minutos para responder às perguntas dos entrevistadores Laerte Cerqueira e Danilo Alves.

Assista a entrevista AQUI

g1