Foto: Reprodução

Foi liberada nesta quinta-feira (22), após passar por audiência de custódia, a mulher de 23 anos suspeita de agredir a própria avó, de 87 anos, no bairro Cristo Redentor, em João Pessoa. O crime aconteceu na noite desta quarta (22).

De acordo com informações do delegado que atendeu à ocorrência, há relatos de que as agressões ocorriam com frequência, inclusive motivaram a o corte de cabelo da idosa na intenção de evitar que fosse puxado.

“Ela precisou cortar os cabelos porque a neta utilizava os cabelos para fazer agressões contra a idosa. Isso era algo rotineiro e que a polícia não tinha conhecimento em razão da ausência de denúncia. A partir desse fato, todos foram conduzidos para o plantão da delegacia da mulher. Essa jovem de 23 anos foi autuada na forma da lei por lesão corporal no contexto da violência doméstica e familiar contra a mulher contido no estatuto do idoso”, disse o delegado.

O delegado afirmou ainda que havia uma pessoa viciada em drogas e uma pessoa com deficiência dentro da residência. ele afirmou que a situação era de risco para a idosa, que poderia perder sua vida.

“É muito importante que todos os órgãos públicos estejam emanados no sentido de se evitar situações de agressão contra o idoso dessa natureza. Felizmente essa senhora foi atendida e serão adotadas medidas protetivas de urgência que impedirão que ela retorne à residência. É preciso que a população denuncie através dos números 100 e 197 para que, somente assim, a gente possa tomar as medidas necessárias, investigando, abrindo inquéritos policiais, com o objetivo de que essas condutas não ocorram”, finalizou o delegado.

 

t5