Com 17 anos, ele era um dos mais novos presentes numa das principais salas de concertos da Europa. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O jovem violinista Guido Sant’Anna, de Parelheiros, bairro da zona sul de São Paulo, venceu a décima edição da competição internacional Fritz Kreisler, em Viena, na Áustria. Com 17 anos, ele era um dos mais novos presentes numa das principais salas de concertos da Europa.

Sant’Anna fez leitura de Brahms, compositor de música clássica e um dos principais nomes do romantismo musical, na sala dourada do Musikverein, salão onde aconteceram as apresentações.

Durante a preparação, o jovem apresentou uma mesma leitura em abril deste ano, com a Sinfônica de Barra Mansa, do Rio de Janeiro. Vencedor do Fritz Kreisler, Sant’Anna pode se credenciar para receber parte de EUR 75 mil.

Além do prêmio, o jovem também ganhou contrato com a chinesa Naxos Records, selo referência em música clássica, e um convite para participar de recital com a Orquestra Filarmônica de Viena.

O violinista prodígio começou a estudar o instrumento aos cinco anos de idade. Aos oito, foi citado pelo maestro Júlio Medaglia no programa de Jô Soares. Sant’Anna também já foi finalista do concurso internacional Yehudi Menuhindo, na Suíça.