O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) disse ser contra o voto útil, estratégia usada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para tentar levar a disputa das eleições 2022 no primeiro turno, e reforçou o pedido para que os eleitores evitem de votar em branco ou anular o voto. “É um direito votar em qualquer candidato e ponto final. Nem vou falar em voto útil aqui. Eu acho que o primeiro turno existe para, exatamente, você votar naquela pessoa que você acha que deve votar. E, no segundo turno, você tem que ter uma opção, e sempre tem o melhor ou o menos ruim”, iniciou durante uma transmissão ao vivo, nesta terça-feira, 27, nas redes sociais. “E eu peço a você. Não anule seu voto, não se abstenha, não vote em branco, vote em alguém”, acrescentou. Na oportunidade, o mandatário também criticou as pesquisas eleitorais, que mostram o petista à frente da corrida presencial. Além disso, Bolsonaro voltou a defender eleições “limpas e transparentes”.

 

Jovem Pan