O preço do litro do etanol comercializado nos postos de combustíveis de Campina Grande, neste mês de setembro/22, apresentou uma variação de 31,19% entre estabelecimentos (o que representa uma diferença de R$ 1,020), segundo pesquisa de preço de combustíveis divulgada pelo Procon Municipal nesta sexta-feira (30). Dentre os demais combustíveis, a diferença de preço vai de 6,63% (gasolina comum) a 12,32% (gasolina aditivada).

De acordo com o coordenador do Procon-CG, a pesquisa de combustíveis do órgão foi realizada nessa terça-feira (27), em 46 postos de combustíveis do município. “O objetivo do material é o de servir como referência ao consumidor campinense na hora de abastecer seus veículos, em especial, neste momento de readequação tarifária que o país vivencia”, lembra Muniz, referindo-se a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de combustíveis.

Variação entre estabelecimentos

Segundo a pesquisa do Procon Municipal, a variação de preços dos combustíveis identificada entre os estabelecimentos visitados na última terça-feira (27) chega a 31,19%. A menor variação foi registrada no litro da gasolina comum (6,63%), entanto que a maior foi identificada no litro do etanol (31,19%) cujo valor vai de R$ 3,270 (menor) a R$ 4,290 (maior). A variação do litro da gasolina aditivada foi de 12,32%, enquanto que a variação do preço do litro do DS-500 e DS-10 foi de 8,17% e 7,04%, respectivamente.

Já com relação aos preços dos combustíveis da pesquisa divulgada hoje em relação à anterior (realizada no último dia 06 setembro/22), os produtos apresentam queda de preço de 2,19% até 16,05%, exceto o GNV que se manteve estável. Por exemplo: o preço do litro da gasolina comum passou de R$ 5,015 para R$ 4,905, ou seja, sofreu uma redução de 2,19%; entanto que o preço médio do litro de etanol passou de R$ 4,051 para R$ 3,401, ou seja, sofreu uma redução de 16,05%.

 

CODECOM