Sofia Brito tem 16 anos e viajou mais de 300km, na Espanha, para votar pela primeira vez — Foto: Sofia Brito/Arquivo pessoal

A paraibana Sofia Brito tem 16 anos e mora atualmente em Valência, na Espanha. Está a 360km de distância da urna eleitoral mais próxima localizada em Madri, na capital do país, e pela legislação eleitoral nem mesmo é obrigada a votar. Mas ainda assim pegou um trem para votar para presidente na manhã deste domingo (2) e chorou emocionada quando chegou a sua vez de depositar o primeiro voto de sua vida.

Sofia, inclusive, vai ter uma prova na escola em que estuda nesta segunda-feira (3), de forma que fez um bate e volta apenas para votar e já está em viagem de volta a Valência. Mas ela não se arrepende do esforço que precisou fazer.

“Decidi votar porque sinto que esse é um momento muito importante e difícil do país. Ir às urnas pela primeira vez foi muito emocionante. Já que, como cidadã, penso que temos o dever de votar, votar consciente, votar pensando no coletivo”, destacou Sofia.

 

A jovem minimizou o fato de o voto ser facultativo para pessoas da idade dela e explicou que foi um momento importante em sua vida:

“Queria muito fazer parte desta história que estamos escrevendo hoje”, completou.

Sofia viajou ao lado da mãe, a historiadora paraibana Sylvia Brito, que também votou em Madri.

Sylvia explicou que elas saíram bem cedo de casa e viajaram cerca de 360km para votar. A Espanha possui apenas dois locais de votação. Um em Madri e outro em Barcelona. E a dupla acabou optando pela capital Madrid. Sylvia pontuou também que percebeu espanhóis surpresos com a quantidade de brasileiros que convergiram para a cidade.

“Aqui em Madri, eles se surpreenderam com a quantidade de gente de várias cidades diferentes que foram votar desta vez”, finalizou Sylvia.

g1