Fátima Bezerra (PT), 67 anos, foi reeleita governadora do Rio Grande do Norte em primeiro turno, neste domingo (2). Com 100% das urnas apuradas, ela recebeu 1.066.496 votos, ou 58,31% dos válidos, à frente de Fábio Dantas (Solidariedade), com 406.461 votos (22,22%), e Capitão Styvenson (Podemos), com 307.330 votos (16,80%).

Fátima teve a maior votação para o cargo na história do Rio Grande do Norte – superou a marca de 1.022.910 votos que era dela, em 2018, na disputa do segundo turno.

Comemoração da vitória da governadora Fátima Bezerra (PT) no Rio Grande do Norte — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Resultado final

  • Fátima Bezerra (PT) – 1.066.496 votos (58,31%)
  • Fabio Dantas (Solidariedade) – 406.461 votos (22,22%)
  • Capitão Styvenson (Podemos) – 307.330 votos (16,80%)
  • Clorisa Linhares (PMB) – 39.011 votos (2,13%)
  • Danniel Morais (PSOL) – 3.691 votos (0,20%)
  • Rosália Fernandes (PSTU) – 2.437 votos (0,13%)
  • Nazareno Neris (PMN) – 1.325 votos (0,07%)
  • Bento (PRTB) – 1.178 votos (0,06%)
  • Rodrigo Vieira (DC) – 1.045 votos (0,06%)
  • TOTAL: 2.086.722
  • VÁLIDOS: 1.828.974 (87,65%)
  • BRANCOS: 95.721 (4,59%)
  • NULOS: 162.027 (7,76%)
  • ABSTENÇÕES: 463.569 (18,18%)

Sobre Fátima Bezerra

Fátima Bezerra nasceu em 19 de maio de 1955 em Nova Palmeira, na Paraíba, mas mora no Rio Grande do Norte desde a adolescência. Professora e pedagoga, ela se filiou ao PT em 1981 e entrou na carreira política-eleitoral após atuação no sindicato dos professores do estado.

Fátima foi eleita deputada estadual duas vezes consecutivas, nas eleições de 1994 e 1998. Em 2002, disputou pela primeira vez um cargo na Câmara Federal. Ganhou e foi eleita outras duas vezes, em 2006 e 2010, sempre pelo Rio Grande do Norte. Entre as candidaturas vitoriosas no Legislativo, disputou a Prefeitura de Natal nos anos de 1996, 2000, 2004 e 2008, mas perdeu nas quatro ocasiões.

Em 2014, com 808.055 votos potiguares (54,84% dos válidos), Fátima foi eleita senadora. Ela poderia permanecer no cargo até 2022, mas decidiu se candidatar ao governo do estado, sendo a única governadora eleita no país em 2018. Na oportunidade, venceu a disputa em segundo turno, com 1.022.910 votos (57,60% dos válidos), contra 753.035 votos (42,40%) de Carlos Eduardo (PDT).

Fátima Bezerra (PT), governadora do Rio Grande do Norte — Foto: Augusto César Gomes/g1

 

g1