As Forças Armadas dos Estados Unidos disseram ter realizado um ataque aéreo na quinta-feira (6) no norte da Síria, matando dois membros do Estado Islâmico, incluindo um líder chamado Abu-Hashum al-Umawi.

O ataque ocorreu poucas horas depois de um raro ataque de helicóptero dos EUA a uma vila controlada pelo governo sírio no nordeste do país, que matou outra autoridade do Estado Islâmico.

Assim como no ataque de helicóptero, o Comando Central Militar norte-americano disse que as avaliações iniciais não indicaram vítimas civis, e afirmou que não houve baixas militares dos EUA.

REUTERS