Segue internada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, a mulher atacada em Monteiro, no Cariri do estado. O ex-marido da vítima é o principal suspeito. De acordo com a equipe médica na manhã desta sexta-feira (7), o estado de saúde da jovem é considerado estável. Ela chegou à unidade com múltiplos ferimentos.

O motivo, segundo relatos, é que ele o suspeito não aceitava o fim do relacionamento. De acordo com informações da polícia, o casal tinha um filho e estava separado há alguns meses. Porém, ainda dividiam a mesma casa e o homem tentava uma reconciliação.

Com a negativa da jovem, no final da manhã ele resolveu atacá-la. Foi até a casa que ela estava e atirou contra ela, além disso, a golpeou com a faca.

Testemunhas relataram que, após o crime, ele foi até outra casa. No local, mais tarde, ele foi encontrado morto com um tiro na cabeça. A polícia investiga se foi tentativa de feminicídio seguida de suicídio. A mulher foi levada para o hospital Santa Filomena, em Monteiro, estabilizada e, em seguida, transferida para o hospital de Trauma.

Segundo caso

Na terça-feira (4), uma mulher também foi vítima de tentativa de feminicídio em Monteiro. O crime aconteceu quando ela foi cobrar pensão dos filhos ao ex-marido, que é o principal suspeito. O homem teria se armado e desferido um golpe de faca no abdômen da vítima.

t5