Não há motivo paras incompreensão", defendeu Veneziano (Foto: Walla Santos)

O emedebista Veneziano oficializou na manhã de hoje (7) seus apoio à candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB) ao segundo turno do Governo do Estado. Os dois chegaram juntos ao evento que está acontecendo na sede do MDB em João Pessoa. Para Veneziano, não há incompatibilidade no fato dele apoiar ao mesmo tempo Lula para a presidência da República e em nível estadual apoiar Pedro Cunha Lima.

“Sabemos que os fundadores do PSDB, como o ex-presidente do partido, Tasso Jereissati, já declararam apoio a Lula. Não há motivo para incompreensão”, defendeu.  José Serra, Pimenta Veiga e Fernando Henrique Cardoso também já declararam apoio ao ex-presidente Lula.

No primeiro turno, Veneziano fez críticas bastante duras ao candidato à reeleição João Azevêdo (PSB), o que praticamente inviabilizou uma reconciliação para o segundo turno. A decisão também pode ter o objetivo de evitar o fortalecimento do grupo Ribeiro, de Campina Grande, que tem Lucas como candidato a vice de Azevêdo.

 

MÔNICA MELO