(Foto: Internet)

Os dois candidatos que disputam o segundo turno na Paraíba, João Azevêdo (PSB) e Pedro Cunha Lima (PSDB), participam nesta quarta-feira (12) de sabatina com empresários, integrantes do conselho dos Presidentes de Entidades do Setor Produtivo do estado.

João será o primeiro questionado, às 9h, e Pedro, às 11h. O evento será no Hotel Caiçara, em Tambaú.

Essa é a segunda sabatina que o Conselho realiza em eleições. A primeira ocorreu na disputa de 2° turno para prefeitura da Capital, em 2020.

De acordo com Melca Farias, presidente da Associação Comercial da Paraíba, os representantes de cada entidade, que hoje integra o Conselho, formado embrionariamente no início da Pandemia, em meados de 2020, vaõ se expressar com declarações, análises de cenários e perguntas.

O intuito é deixar claro para o candidato quais as posições e as pautas do setor que gera emprego e renda no estado e, em seguida, ouvir dele seu compromisso”, afirmou.

Melca disse ao Conversa Política que: “o chefe do executivo tem que entender que é um servidor público, que deve satisfação à sociedade e está sociedade deve estar cada vez mais unida, articulada e pró-ativa em defesa da sustentabilidade econômica e do rigoroso cumprimento dos princípios da administração pública, por parte dos governantes e de todos aqueles que interferem na estabilidade do ambiente de negócios”.

Os dois candidatos que disputam o segundo turno na Paraíba, João Azevêdo (PSB) e Pedro Cunha Lima (PSDB), participam nesta quarta-feira (12) de sabatina com empresários, integrantes do conselho dos Presidentes de Entidades do Setor Produtivo do estado.

João será o primeiro questionado, às 9h, e Pedro, às 11h. O evento será no Hotel Caiçara, em Tambaú.

Essa é a segunda sabatina que o Conselho realiza em eleições. A primeira ocorreu na disputa de 2° turno para prefeitura da Capital, em 2020.

De acordo com Melca Farias, presidente da Associação Comercial da Paraíba, os representantes de cada entidade, que hoje integra o Conselho, formado embrionariamente no início da Pandemia, em meados de 2020, vaõ se expressar com declarações, análises de cenários e perguntas.

O intuito é deixar claro para o candidato quais as posições e as pautas do setor que gera emprego e renda no estado e, em seguida, ouvir dele seu compromisso”, afirmou.

Melca disse ao Conversa Política que: “o chefe do executivo tem que entender que é um servidor público, que deve satisfação à sociedade e está sociedade deve estar cada vez mais unida, articulada e pró-ativa em defesa da sustentabilidade econômica e do rigoroso cumprimento dos princípios da administração pública, por parte dos governantes e de todos aqueles que interferem na estabilidade do ambiente de negócios”.

Melca Farias, presidente da Associação Comercial e Empresarial da Paraíba. Foto: Divulgação.

Estão confirmadas as presenças de representantes de pelo menos 14 entidades:

1. ACPB Assoc. Comercial da PB
2. Embaixada de Negócios
3. SIndipetro pb
4. Sindacucar
5. Abrasel-PB
6. ABAV PB
7. Fadesp
8. SINCODIV-PB
9. CDL
10. Assoc F das Mulheres de Negócios – AFMN
11. ACEG Assoc Comercial é Empresarial de Guarabira
12 – SINDUSCON/JP
13- FADESP-PB
14 – ABIH

 

Jornal da Paraíba