Foi confirmada a morte da mulher baleada durante a comemoração do próprio aniversário. A informação foi dada na manhã desta quarta-feira (12) pela assessoria de comunicação do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, onde a vítima estava internada.

O médico cirurgião-geral Lucas Manoel Cruz informou que a paciente deu entrada com ferimento por arma de fogo na cabeça. “Após ser avaliada por tomografia, não havia proposta de cirúrgica. No entanto, a mulher teve uma piora e evoluiu ao óbito”, disse.

A jovem, de 29 anos, identificada como Leidjane Maria, foi atacada a tiros na noite desta terça-feira (11). O caso aconteceu por volta das 18h30, no conjunto Major Veneziano. O principal suspeito de ter cometido o crime é o ex-companheiro da vítima, que estava na casa.

De acordo com relatos de testemunhas, o tiro foi dado no interior do apartamento onde a jovem comemorava a data. Logo após o crime, o suspeito fugiu. O homem apontado como suspeito tem 19 anos de idade e teve um relacionamento amoroso com a vítima, segundo a polícia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado e fez os primeiros socorros. A mulher precisou ser intubada e o estado de saúde era considerado grave. Até a publicação desta matéria não havia confirmação sobre a prisão do suspeito.

t5