Pedro Cunha Lima, candidato do PSDB, é entrevistado no JPB2 — Foto: Felipe Lima/TV Cabo Branco

O candidato do PSDB ao Governo da Paraíba, o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), defendeu parcerias com o setor privado para ampliar a distribuição de água e cobertura de rede de esgotos na Paraíba, que atualmente é de 50%. A declaração foi feita durante entrevista ao JPB 2, na TV Cabo Branco, nesta quarta-feira (19).

“É evidente que a gente precisa de investimento privado, já que é necessário mais de R$ 11 bilhões para se alcançar essa meta”, afirmou. O candidato do PSDB detalhou um modelo que considera efetivo para a parceria. “Eu gosto muito de um modelo em particular que é fazer com que a empresa estatal, no nosso caso a Cagepa, cuide da parte ambiental, e um parceiro privado traga o investimento e cuide da distribuição de água”, explicou.

Corte de gastos

Na entrevista, Pedro Cunha Lima também falou sobre o enxugamento de gastos. Ele se comprometeu a fazer uma fusão de algumas secretarias para enxugar custos.

“Assim que assumir, a gente vai fazer algumas fusões de secretarias. Hoje tem 25, a gente quer reduzir para as 15, 16. Ainda não tem uma resolução final de quais serão as secretarias que vamos agregar umas com as outras, mas haverá esse espírito de enxugar ao máximo”.

Com o enxugamento dos gastos, Pedro Cunha Lima acredita que, se for eleito, conseguirá o orçamento necessário para implementar obras para a população, como uma maternidade em Campina Grande e um hospital de trauma no Sertão do estado.

O candidato do PSDB voltou a defender cortes de gastos na ALPB. “A assembleia para 36 deputados ter um orçamento maior do que nossa universidade estadual para uma comunidade acadêmica de mais de 21 mil pessoas. O governador do estado tem que assumir a obrigação de enfrentar isso. Mandar um projeto de lei orçamentária reduzindo esse valor, convencer os parlamentares para a gente fazer esse ajuste. Pega a Granja Santana e vamos fazer isso e transformar em um parque público”.

Redução de impostos

O candidato do PSDB ao governo do estado acredita que reduzir impostos para as empresas aumenta a produção e competitividade das empresas na Paraíba.

“Fazer um nivelamento com outros estados. É muito ruim quando a Paraíba cobra mais impostos do que os estados vizinhos”, disse. Quando você reduz a carga tributária, você dá competitividade e faz com que novos empreendimentos sejam possíveis, com isso aumenta a arrecadação”.

Papel de Cássio Cunha Lima

Ao ser questionado qual papel o seu pai, o ex-senador e ex-governador da Paraíba Cássio Cunha Lima, do PSDB, exerceria em uma gestão de Pedro no governo da Paraíba, o candidato respondeu que é preciso “quebrar esse retrovisor” para lidar com o presente e o futuro.

“Eu tenho muito orgulho de ser filho de Cássio. Ele tem uma trajetória de dedicação, pode governar o estado, mas o candidato agora sou eu. E o que eu digo é que a gente tem que quebrar esse retrovisor para poder lidar com o presente, e o que está por vir. A gente vai fazer um governo colaborativo, e assim como outros, meu pai vai também participar dessa gestão”.

g1