O ex-lutador baiano Popó declarou apoio ao presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu o apoio de lutadores de artes marciais brasileiros como Roycie Gracie, José Aldo e Maurício Shogun, para o 2º turno das eleições. O chefe do Executivo se reunirá na 6ª feira (21.out.2022), às 9h, na escola Alliance Jiu Jitsu, em São Paulo.

“Quem luta de verdade, vota 22”, afirmam os lutadores em vídeo divulgado na 3ª feira (19.out.2022), no Twitter, por Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência que agora atua na equipe de marketing da campanha de Bolsonaro.

Assista (1min40s):

Das 23 pessoas presentes no vídeo, o Poder360 conseguiu identificar 13. Desses, 10 são lutadores (da esquerda para a direita): Roycie Gracie, Fabrício Werdum, Popó, Maurício Shogun, Wanderlei Silva, Rafael dos Anjos, Thiago Marreta, José Aldo, Fábio Gurgel e Cris Cyborg.

Os outros 3 se tratam do técnico e fundador da Alliance Jiu-Jitsu, Romero Jacaré (centro); e os empresários Alexandre Correa (à esq.) e Tallis Gomes (à dir.):

No evento com Bolsonaro, alguns nomes que não estavam no vídeo devem marcar presença na reunião com o presidente, como os lutadores Minotauro, Cara de Sapato, Murilo Ninja e o treinador André Pederneiras.

Nesta semana, o candidato também se reuniu com artistas do mundo sertanejo. Os cantores Gusttavo Lima, Leonardo, Chitãozinho, Zezé de Camargo e Marrone também declararam apoio ao chefe do Executivo em sua disputa pelo Palácio do Planalto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 30 de outubro.

PODER 360