Neymar abriu a superlive de Bolsonaro neste sábado (22.out)

O jogador Neymar, da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain, afirmou que homenageará o presidente Jair Bolsonaro (PL) em eventual 1º gol na Copa do Mundo de 2022. Disse torcer pela reeleição do chefe do Executivo e que fará o “22” na comemoração, em referência ao número do Partido Liberal, usado por Bolsonaro nas urnas.

 “Eu estou muito feliz de participar desta live, de enfrentar, de não ter medo de lutar, como nosso presidente faz. Estou à disposição, apoiando nosso presidente, porque a gente sabe o que é melhor para o nosso Brasil. A Copa está pertinho. Seria tudo maravilhoso: Bolsonaro reeleito, Brasil campeão e todo mundo feliz”, declarou durante a “superlive” de Bolsonaro.

O atacante mencionou a acusação de estupro sofrida em 2019. Não citou diretamente o caso, mas disse que foi “o momento mais difícil” de sua vida e que Bolsonaro foi 1º a defendê-lo publicamente.

“Eu queria agradecer ao presidente, ele foi o 1º a se posicionar publicamente, dizendo que estaria ao meu lado. Quando vi o que estava acontecendo, senti no meu coração que deveria também retribuir esse carinho. Sem ao menos me conhecer, a gente nem tinha se falado, se conhecido pessoalmente. Ele botou o peito dele na frente, a cara, sendo julgado e tudo. Acreditou em mim. Estou fazendo o mesmo. Acredito no presidente, é o cara certo para conduzir o nosso Brasil”, afirmou.

A decisão de apoiar Bolsonaro nas eleições 2022 se deu pelos “valores que o presidente carrega”, segundo o atleta. “São bem parecidos comigo, com minha família, com tudo que a gente preza: a família, nosso povo, as nossas crianças. Isso me fez me posicionar. Eu vi que precisava dessa força, sei que ajudaria muita gente, e desde já convoco a todos que não se posicionaram”, acrescentou.

“Tenho as costas largas. Desde pequeno, sempre carreguei muita pressão, muita coisa. Meu nome sempre carregou muitas polêmicas. E não é mais uma que vai me deixar mais forte ou fraco. Na verdade, vai me deixar mais forte: mais patriota. Tenho muito orgulho de estar fazendo isso”, prosseguiu.

“superlive” de Bolsonaro está sendo transmitida do escritório do RCX Group, na av. Marques de São Vicente, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo (SP).

O RCX Group é um grupo de investidores que busca potencializar startups. A empresa foi fundada pelos empresários Paulo Bau e Caio Lima, aplicadores do mercado financeiro. Os 2 recepcionaram o presidente e seus aliados.

Assista à “superlive” de Bolsonaro:

 

Poder 360