O Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides foi homenageado com uma placa de reconhecimento pela atuação à frente do Poder Judiciário paraibano. A honraria foi concedida pelo Sindicato dos Técnicos e Analistas do Judiciário da Paraíba (Sintaj-PB) e pela Associação dos Servidores da Secretaria do TJPB (ASSTJE) durante a solenidade de abertura do 1º Congresso “Justiça, Democracia e o Judiciário na Era Digital”, promovido pelas entidades dessa sexta-feira (21) até domingo (23).

O Desembargador Saulo Benevides destacou a gratidão pela homenagem prestada e atribuiu ao diálogo permanente de uma gestão democrática e humanizada. Ele ressaltou que o reconhecimento à sua pessoa é fruto de um trabalho em equipe, que bem conduz a administração do Tribunal de Justiça, estendendo a homenagem à Mesa Diretora, aos Desembargadores, juízes auxiliares da Presidência, Diretores, magistrados e a todos os servidores, os quais, segundo pontuou, têm colaborado muito para que o Judiciário da Paraíba tenha um grande desempenho na agilização da tramitação processual.

“É um momento de agradecimento, mas também de dizer que esta homenagem é fruto do diálogo, porque eu tenho o entendimento de que quem tem o comando de uma instituição, quem preside um Tribunal, deve, necessariamente, dialogar de forma democrática com todos, ouvir todos os pleitos e, na medida do possível, atender as reivindicações. Temos a consciência de que ajudamos muito aos magistrados e servidores, de acordo com as possibilidades orçamentárias e com responsabilidade”, destacou o Desembargador Saulo Benevides,

Desembargador Saulo agradece a homenagem e destaca diálogo da gestão
Desembargador Saulo agradece a homenagem e destaca diálogo da gestão

O gestor da Justiça Estadual se referiu, também, às várias reformas realizadas para melhorar os ambientes de trabalho, nos Fóruns, bem como, no atendimento de reivindicações salariais de todas as categorias que integram o judiciário Estadual.

O presidente do Sintaj-PB, José Ivonaldo explicou que o Congresso é uma atividade interna, previsto no Estatuto do Sindicato, reunindo representantes de todas as regiões do estado, onde discutirão temas de interesse da categoria.

Quanto à homenagem ao Desembargador Saulo Benevides, ele salientou que sempre priorizaram a boa relação institucional entre o Sindicato e a administração do TJ, sendo reconhecido por todos, o importante papel que o Desembargador-Presidente assumiu para destravar o debate, para tentar resolver as demandas dos servidores.

“Na gestão do Desembargador Saulo conseguimos avançar, de maneira substancial, nos diálogos sobre os temas de interesse dos servidores das categorias que representamos. Nesse ano conseguimos alcançar um aumento remuneratório, além dos aumentos concedidos nos auxílios e do reconhecimento dos cursos do CNJ, para efeito de promoção dos servidores e, evidentemente, outras demandas. Estamos prestando a homenagem à Mesa Diretora, na pessoa do Presidente Saulo Benevides”, realçou José Ivonaldo.

Juízes e servidores prestigiaram a homenagem
Magistrados e servidores prestigiaram a homenagem

O presidente da ASSTJE, Altamir de Alencar Pimentel Filho destacou o bom relacionamento com as entidades sindicais e definiu como humanizada a atual gestão administrativa do Tribunal de Justiça, realçando, especialmente, o período da pandemia. Conforme enfatizou houve uma grande transformação, porque passou a haver o respeito com o servidor, ponto importante e fundamental.

“É óbvio que nossos pleitos são muitos e nem sempre são possíveis de serem atendidos, mas o importante é que se converse e se explique. Tivemos, nesta gestão, uma total transparência, tanto do ponto de vista financeiro, como administrativo. Passamos por uma fase muito difícil de pandemia e, nessa fase, o Presidente demonstrou seu lado humano na administração, tendo como maior preocupação os servidores, não nos expondo aos riscos da pandemia”, frisou Altamir Alencar.

Placa em homenagem à gestão do Presidente à frente da Mesa Diretora
Homenagem à gestão do Presidente à frente da Mesa Diretora

Por sua vez, o presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinjep) João Ramalho Alves, avaliou como importante o Congresso, parabenizando a organização, como também, por homenagear o Presidente do TJPB. “O Desembargador Saulo Benevides realizou uma boa gestão, no sentido de respeitar os direitos dos trabalhadores, discutir com eles as suas reivindicações e, dentro do possível, o Presidente beneficiou a categoria dos servidores do Poder Judiciário”, enalteceu.

Na ocasião, o Desembargador Saulo Benevides, por deferência dos organizadores do evento, entregou placas de homenagem por serviços prestados à Justiça paraibana às servidoras Maria do Socorro Ramalho (aposentada, com 42 anos de serviço do TJPB) e Helena Ferreira de Lima (na ativa, com 50 anos atuando no Poder Judiciário estadual). Na sequência, a socióloga e professora da Universidade Federal da Paraíba, Simone Brito ministrou palestra sobre “Justiça e Democracia”.

Prestigiaram a solenidade o Desembargador João Benedito da Silva, os juízes auxiliares da Presidência, Euler Jansen e Giovanni Porto, a juíza auxiliar da Vice-Presidência, Michelini Jatobá, o diretor do Fórum Civel, juiz Herbert Lisboa, os magistrados, Aluízio Bezerra Filho e Agamenildes Arruda, os diretores do TJPB, Izabel Izidro, Einstein Leite, Robson Cananéa, Ney Robson, a presidente da AEMP (Associação da Esposas dos Magistrados da Paraíba), Carmen Benevides, o presidente do Sindojus (Sindicato dos Oficiais de Justiça), Joselito Bandeira, representantes do Fenajud e servidores.

Por Lila Santos