O deputado estadual Wallber Virgolino (PL) votou pela inconstitucionalidade da Proposta de Emenda a Constituição (PEC) 41/2022, que tem objetivo regulamentar a eleição de Mesa Diretora e foi protocolada no dia 10 de outubro. Conforme apurou o ClickPB, em sessão anterior a proposta havia tido parecer favorável pelo relator de admissibilidade interna, porém Virgolino solicitou vista.

“Ontem a noite eu tive o cuidado de analisar os dois pareceres, o primeiro referente a proposta de alterar a legislação e o outro o projeto de lei. Os dois, após minuciosa análise de minha equipe, são pela inconstitucionalidade”, explicou o deputado do PL ao longo de sua fala na sessão.

 

ClickPB