Amou Haji ficou conhecido no mundo por permanecer décadas sem tomar banho AFP - 28.12.2018

Um iraniano conhecido como “o homem mais sujo do mundo”, por não tomar banho há décadas, morreu aos 94 anos, anunciou nesta terça-feira (25) a imprensa oficial.

Amou Haji, que “fugiu do chuveiro” durante mais de meio século, faleceu no domingo (23) no vilarejo de Dejgah, na província de Fars (sul do Irã), informou a agência de notícias Irna.

A causa da morte não foi informada, mas coincidência ou não, poucos meses atrás, moradores do vilarejo o convenceram a tomar o primeiro banho após mais de 50 anos. De acordo com uma autoridade local citada pela agência, o homem, que era solteiro, evitava tomar banho por medo de “ficar doente”.

Haji no vilarejo de Dejgah, no Irã
Haji no vilarejo de Dejgah, no Irã AFP – 28.12.2018

Um documentário curta-metragem com o título A Estranha Vida de Amou Haji, sobre a vida dele, foi lançado em 2013, segundo a imprensa do Irã.

Haji virou notícia em vários países por conta de sua situação. Segundo informações de vários sites, ele parou de tomar banho aos 20 e poucos anos de idade.

Também chamava atenção o fato de não ter uma casa, o que o tornava um nômade, morando em cabanas improvisadas feitas por habitantes de Dejgah.