Pablo Marí Monza. (Foto: Divulgação/Monza)

O zagueiro Pablo Marí, de 29 anos, ex-Flamengo, foi esfaqueado em um supermercado de um shopping em Assago, na região metropolitana de Milão. A informação foi divulgada por diferentes veículos italianos. O defensor, que atua no Monza, foi uma das cinco vítimas de um ataque de um homem com distúrbios mentais, de 46 anos, que foi detido no local. Uma pessoa morreu.

De acordo com os relatos da imprensa italiana, duas pessoas atacadas estão em estado grave e foram resgatadas de helicóptero. Marí não é uma delas. O espanhol foi encaminhado ao Niguarda di Milano consciente e sem grandes ferimentos. Um empregado do supermercado não resistiu aos ferimentos e morreu.

O Monza divulgou uma declaração do diretor-executivo do clube, Adriano Galliani. Ele e o técnico Raffaele Palladino devem visitar Pablo Marí no hospital.

“Querido Pablo, estamos todos aqui perto de você e sua família, te amamos, continue lutando como sabe fazer, você é um guerreiro e logo vai se recuperar”, diz a declaração de Galliani.

Nas redes sociais, o Flamengo enviou uma mensagem de força para Pablo Marí. A Udinese, onde o zagueiro atuou na temporada passada, também publicou um texto de solidariedade ao espanhol.

Segundo os relatos da imprensa italiana, o homem teria pegado uma faca do supermercado para fazer um ataque. A motivação do crime é desconhecida, mas a polícia descarta a possibilidade de um ato terrorista.

Marí está emprestado pelo Arsenal ao Monza desde o início desta temporada. Ele tem oito jogos e fez um gol pela equipe italiana, todos como titular. O clube é o 15º colocado do Campeonato Italiano.

O zagueiro espanhol jogou no Flamengo no segundo semestre de 2019 e foi campeão da Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Na equipe brasileira, fez 30 jogos e marcou três gols. Em 2020, se transferiu para o Arsenal, mas foi prejudicado por lesões e não se firmou. Antes de ir para o Monza, Pablo atuou emprestado à Udinese na segunda metade da temporada 2021/22.

 ge — Milão, Itália