Moscou e São Petersburgo acham Putin uma ameaça para Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse, nesta quinta-feira (27), ter boas relações com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL).

A declaração foi dada durante uma coletiva de imprensa no encontro do think tank Valdai Discussion Club, em Moscou.

O presidente russo foi questionado sobre o segundo turno das eleições brasileiras, que acontece neste domingo (30), e a possibilidade de retorno ao poder do candidato petista, que já liderou o país por dois mandatos.

“Temos boas relações com o Sr. Lula, e temos boas relações com o Sr. Bolsonaro”, afirmou Putin. “Não interferimos nos processos políticos internos. Essa é a coisa mais importante”, acrescentou.

Ele ainda usou a Índia dizendo que o país do premiê Narendra Modi, apesar de ter “processos políticos internos agudos, há um consenso sobre a cooperação com a Rússia, consenso sobre nossas relações dentro do Brics”.

“Também temos um consenso no âmbito das relações entre Rússia e Brasil. Consideramos o Brasil nosso parceiro mais importante na América Latina, e de fato é, e faremos tudo para garantir que essas relações se desenvolvam no futuro”, concluiu Putin.

 

CNN/BR