Reprodução

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou ter apreendido R$ 4,5 milhões em 12 ocorrências durante a Operação Eleições neste domingo (30), segundo turno do pleito. Na nota, a corporação também se manifestou sobre as operações relacionadas ao transporte público dos eleitores, na região do Nordeste.

“As ações nestes últimos dias, em comparação com o mesmo período do primeiro turno, refletiram na redução de 43% de mortes e 72% de feridos em acidentes de trânsito, comprovando o aumento da segurança da circulação nos 73 mil quilômetros de rodovias federais”, informou a corporação.

Segundo a PRF, em períodos eleitorais, a instituição é parceira do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) para auxiliar na garantia de segurança do voto.

Mais cedo, o diretor-geral da PRF, Silvinei Vasques, esteve no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para explicar as operações da corporação relacionadas ao transporte de eleitores. Vasques informou a Alexandre de Moraes, presidente da Corte, que as vistorias foram feitas em ônibus sem condições de transitar.

“O diretor-geral da PRF informou que as operações foram realizadas com base no Código de Trânsito Brasileiro, ou seja em ônibus com pneu careca ou sem condições de rodar. Isso em alguns casos retardou a chegada dos eleitores à seção, mas em nenhum caso impediu os eleitores de chegarem às seções eleitorais”, destacou Moraes.

R7