Perguntado se iria para o PSDB, Romero respondeu que "pode ser, mas também podem ser outras alternativas" (Foto: Reprodução)

O deputado federal eleito Romero Rodrigues confirmou que deixará o PSC, que não atingiu a cláusula de barreira. Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (02) transmitida na rádio Arapuan FM, Romero declarou que não tem ainda uma definição sobre qual o seu destino partidário.

Perguntado se iria para o PSDB, Romero respondeu que “pode ser, mas também podem ser outras alternativas”, como acompanhou o ClickPB. Ainda não há previsão de quando será efetivada a mudança de partido, mas especula-se que o deputado deixe a legenda na próxima janela partidária.

Romero declarou ainda que conversou longamente com o deputado Ruy Carneiro, que já anunciou sua troca de legenda, retornando para os quadros do PSDB. Porém, ressaltou que “não tenho definição ainda de partido. Vou estudar, com tranquilidade, sem pressa”. Retornando à Câmara Federal a partir da próxima legislatura, Romero reforçou que pretende analisar as novas conjunturas e mudanças no país para saber o melhor posicionamento a tomar.

Nestas eleições, 15 partidos não alcançaram a cláusula de barreira e perderão o acesso ao fundo partidário e eleitoral a partir do próximo ano. As legendas também ficam sem tempo de transmissão de rádio e televisão.

Camila Bezerra