Reprodução

O WhatsApp está liberando o aguardado recurso Comunidades em vários países do mundo nesta quinta-feira (3). O recurso cria um “guarda-chuva” de grupos, com vários subgrupos de temáticas similares dentro de um único canal. Contudo, a novidade, que foi anunciada em abril deste ano, chega ao Brasil somente em 2023 por conta de uma decisão feita em conjunto com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com a nova ferramenta, será possível, por exemplo, criar um espaço para reunir vários diferentes grupos de trabalho — como áreas distintas de uma mesma empresa, por exemplo — em um só canal.

O anúncio do lançamento foi feito por Mark Zuckerberg, CEO da Meta, em um vídeo publicado no Facebook nesta quinta-feira (3). Nas próximas linhas, saiba mais sobre a função de Comunidades no WhatsApp.

O que são e para o que servem as comunidades?

O novo recurso anunciado pelo WhatsApp é um espaço que permite criar um canal para unificar grupos semelhantes. Assim, será possível criar um canal principal para uma escola, por exemplo, e depois criar subgrupos para cada turma existente por lá. A novidade, que é lançada hoje em vários lugares do mundo, também amplia o número máximo de participantes por grupo para até 1.024 (o limite, hoje, é de 512).

Segundo o site WABetaInfo, reconhecido por divulgar as novidades do app, é possível enviar uma mesma mensagem para todos os grupos semelhantes no canal, ou individualmente para cada um. Para entrar em cada subgrupo, é necessário que algum administrador aceite a sua solicitação e/ou adicione você. A atualização que traz a nova função também amplia as chamadas de voz para até 32 pessoas ao mesmo tempo.

Recurso Comunidades chega ao WhatsApp — Foto: Divulgação/WABetaInfo

Quando chega ao Brasil?

Embora o lançamento seja feito mundialmente hoje (3), no Brasil, as Comunidades do WhatsApp chegarão somente em 2023. A decisão do adiamento foi feita em comum acordo entre o TSE, o Ministério Público Federal e a Meta, e teve como motivo as Eleições Gerais, ocorridas em outubro deste ano. Isso porque, como o WhatsApp é um dos principais meios de comunicação no Brasil, o MPF entendeu que o novo recurso poderia aumentar a propagação de fake news no mensageiro, permitindo a veiculação delas em maior escala.

Ainda não há uma previsão exata de quando a novidade chegará ao aplicativo no Brasil. Porém, de acordo com informações divulgadas pela Meta, a ideia é que seja lançada em algum período de 2023.

Como saber quando o recurso chega ao meu celular?

Como a maioria dos lançamentos do aplicativo, a maior dica para saber se o recurso já está disponível para você é manter o app sempre atualizado com a versão mais atual do seu iPhone (iOS) ou Android (veja como aqui). O lançamento no mundo todo também deve chegar aos poucos para o usuário, e é possível que esse padrão se repita quando for liberado no Brasil – assim como aconteceu com outras funções, como a remoção do status “online”.

Tech Tudo