Placa da COP27 /REUTERS/Sayed Sheasha

27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP27) começa neste domingo (6) no Egito. O evento vai unir representantes de governos e da sociedade civil para discutir desafios e soluções para enfrentar as mudanças climáticas.

O Brasil será representado pela comitiva do atual governo de Jair Bolsonaro (PL) e por membros da equipe do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que assume a Presidência da República em 2023 e comparecerá ao evento este ano.

Governo Bolsonaro

Representando a gestão do atual presidente Jair Bolsonaro, participam da COP27 o ministro do Meio Ambiente Joaquim Leite, o embaixador secretário de Assuntos Multilaterais Políticos Paulino Franco do Carvalho Neto, e o embaixador Leonardo Cleaver de Athayde, diretor do Departamento de Desenvolvimento Sustentável.

Comitiva de Lula

O presidente eleito irá participar da COP27 na terceira semana de novembro. Ele segue para o Egito no dia 14, afirmou à CNN a presidente do Partido dos Trabalhadores, deputada Gleisi Hoffmann.

No primeiro dia da COP27, alguns integrantes do PT também vão para o Egito, como um dos coordenadores do programa ambiental da campanha de Lula, o ambientalista e deputado federal Nilto Tatto (PT-SP).

Deverão estar ainda na comitiva de Lula a ex-ministra do Meio Ambiente e agora deputada federal eleita Marina Silva (Rede-SP) e a senadora Simone Tebet (MDB).

Demais autoridades brasileiras

Também participam da COP27, no Egito, as seguintes autoridades brasileiras:

  • Helder Barbalho, governador do Pará;
  • Gladson Cameli, governador do Acre;
  • Waldez Góes, governador do Amapá;
  • Mauro Mendes, governador de Mato Grosso;
  • Wanderlei Barbosa, governador do Tocantins;
  • Coronel Marcos Rocha, governador de Rondônia;
  • Marcos Penido, secretário de estado de São Paulo;
  • Fernando Chucre, secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo.

CNN Brasil