Um dos expoentes da música gaúcha, teve mais de 30 discos lançados. Um dos seus maiores sucessos foi "Quando eu chegar", de 1984. (Foto: Reprodução)

O cantor e compositor Bebeto Alves morreu, aos 68 anos, na madrugada desta segunda-feira (7) em Porto Alegre. Ele estava internado no Hospital Dom Vicente Scherer, onde recebida tratamento para um câncer de pulmão.

Um dos expoentes da música gaúcha, teve mais de 30 discos lançados. Um dos seus maiores sucessos foi “Quando eu chegar”, de 1984. Teve canções gravadas por grandes nomes da música brasileira, como Ana Carolina, Belchior e Kleiton e Kledir. Seu primeiro disco solo foi lançado em 1981.

Nos últimos meses, Bebeto lidava com problemas de saúde. Sofreu dois acidentes vasculares cerebrais (AVCs) em agosto deste ano e foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital Santa Casa de Porto Alegre. Dois meses antes, em junho, foi hospitalizado devido a uma trombose pulmonar.

Bebeto era natural de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do estado. Deixa a esposa, Simone Schlindwein, três filhas, Kim Bins, Luna Lisboa Alves e a atriz Mel Lisboa, e quatro netos.

Bebeto Alves durante apresentação — Foto: RBS TV/Reprodução
RBS TV e g1 RS