Um crime bárbaro aconteceu na madrugada de hoje aqui na cidade de Guarabira. Com informações do Repórter Rodrigo Mesquita, um morador de Rua foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira, as margens do Rio Guarabira, por trás do Pronto Socorro de Fraturas.

No local do crime foi encontrado o corpo da vítima com perfurações de faca e pés e mãos amarrados coberto por lençol ensanguentado.

Ele foi encontrado em situação de crueldade na manhã desta quarta-feira (9), as margens do rio que corta a cidade, nas imediações do bairro Santa Terezinha.

Vítima

Vítima do homicídio, Hélio Costa, Hélio residia no bairro de Santa Terezinha.(Guarabira)

Prisões

Após identificação do cadáver, os investigadores iniciaram as diligências que resultaram na prisão em flagrante de dois acusados, de 42 e 48 anos, em uma lanchonete no centro da cidade. Eles foram interrogados pelo delegado Fábio Facciolo, responsável pelo caso.

C

Motivação

Na delegacia, os acusados confessaram o crime cometido por motivo fútil. Vítima e acusados passaram a noite em uma bebedeira que rolou pela marugada e que terminou em discussão por conta de política durante a madrugada.

“A vítima foi violentamente espancada, depois amarrada com um lençol e teve a cabeça coberta com um saco plástico. O corpo foi arrastado e abandonado as margens do rio” – apontou investigação.

Autuação

Os acusados foram autuados pelo crime de homicídio qualificado (motivo fútil) e encaminhados ao Presídio João Bosco Carneiro (JBC), em Guarabira, onde ficarão à disposição da Justiça.

 

NE1/FontePB