Novo estudo revela: rádio é a mídia sonora mais ouvida

Em um mundo cada vez mais digitalizado, onde a forma como consumimos mídia está em constante evolução, a mais recente edição do estudo Share of Ear, da Edison Research, traz à luz dados reveladores sobre os hábitos de consumo de mídia sonora da população acima de 13 anos nos Estados Unidos em 2023.

O rádio FM/AM se mantém na liderança, com 36% da preferência, superando plataformas como streaming de música (20%), YouTube (14%), podcasts (11%), entre outros. Este dado não apenas reafirma a relevância do rádio na era digital, mas também sublinha seu potencial inexplorado e as oportunidades que se abrem para empresários e profissionais do meio.

O rádio, com sua longa história de adaptabilidade e inovação, tem mostrado uma resiliência impressionante frente às mudanças tecnológicas. Diferentemente de outras formas de mídia que lutam para manter sua base de audiência, o rádio tem se destacado por sua capacidade de se integrar às novas tecnologias, mantendo-se relevante e acessível. Este é um momento oportuno para se reafirmar não apenas a importância do rádio como meio de comunicação, mas também seu papel fundamental na sociedade moderna.

Fonte: Tudo Rádio