Polícia Civil prende homem que oferecia R$ 1 mil para encontros com menores de dez anos

A Polícia Civil prendeu o homem de 29 anos e cumpriu dois mandados de busca e apreensão em endereços relacionados à investigação.

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem acusado de exploração sexual de crianças e pornografia infantil, na cidade de Nova Gama, em Goiás, na quarta-feira (10). Além da prisão do suspeito de 29 anos, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em endereços relacionados à investigação.

De acordo com a Polícia Civil, o homem criava contas falsas em redes sociais e tentava manter relação sexual com crianças. O suspeito também se aproximava de familiares e oferecia quantias em dinheiro para ter encontros presenciais com as vítimas, além de armazenar conteúdo pornográfico das menores.

O print de uma conversa do suspeito com uma pessoa mostra uma tabela de preços que seriam pagos por ele pelos encontros criminosos, a depender da idade. Pela conversa, o valor mais alto a ser pago seria de R$ 1 mil para encontros com meninas entre 8 e 10 anos de idade.

Com as provas, a polícia representou ao Poder Judiciário pela prisão temporária do suspeito, que foi acatada.

Durante o cumprimento do mandado de prisão, os policiais identificaram a presença de elementos que indicam, além das práticas criminosas já conhecidas, também a transmissão de outras mídias envolvendo pornografia infantil.

Foi lavrado auto de prisão em flagrante pelo art. 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê pena de 4 a 8 anos de prisão e multa, por vender ou expor à venda fotos, vídeos ou outros registros que contenham cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças e adolescentes.

CNN Brasil