Mais um alerta: TCE identificou UBS de Pirpirituba com desempenho dos piores verificados pela fiscalização

Em auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, nas unidades de saúde de Pirpirituba, mais um alerta foi emitido à gestão do prefeito Didiu para sanar problemas, de maneira urgente.

Segundo a auditoria, duas Unidades Básicas de Saúde apresentaram problemas. Uma necessitando de medidas urgentes nas condições estruturais e uma outra apresentou desempenho dentre os piores verificados na ação de fiscalização.

O alerta foi emitido no fim do ano passado e não há publicação de informações sobre as tomadas de atitudes da gestão para resolução dos problemas identificados.

A saúde de Pirpirituba passa por um momento de muitas reclamações de falta de medicamentos, transporte e apoio aos autistas.

ENTENDA:

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba certifica que na edição Nº 3321 do Diário Oficial Eletrônico, com data de publicação em 20/12/2023, foi realizada a seguinte publicação

O TCE-PB 01665/23: O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, nos termos do art. 71 da CF/88 e do §1º do art. 59 da LC 101/2000, e na conformidade do entendimento técnico contido no Relatório de Acompanhamento da Gestão, no intuito de prevenir fatos que comprometam resultados na gestão orçamentária, financeira e patrimonial, resolve: Emitir ALERTA ao jurisdicionado Prefeitura Municipal de Pirpirituba, sob a responsabilidade do(a) interessado(a) Sr(a). Denilson de Freitas Silva, no sentido de que adote medidas de prevenção ou correção, conforme o caso, relativamente aos seguintes fatos: Durante a ação da Auditoria Coordenada na área da Saúde realizada em 21 de novembro de 2023, o Acompanhamento da Gestão, fls. 395/403, evidenciou: a) uma unidade de saúde necessitando de adoção de medidas urgentes para melhorias nas condições; e b) uma unidade de saúde com desempenho dentre os piores verificados na ação de fiscalização.

Por nordeste1