Moradores de Jerusalém acordaram nesta quinta-feira (18) com a cidade coberta de neve. O fenômeno é considerado incomum na região, que geralmente tem invernos mais amenos do que em outras partes do Hemisfério Norte.

Monumentos localizados dentro da Cidade Velha, onde estão edifícios históricos e importantes para três religiões — cristianismo, judaísmo e islamismo — amanheceram sob uma camada de gelo.

A nevasca que começou a cair na cidade ainda na noite de quarta deixou autoridades em alerta. O transporte público chegou a ficar interrompido, e bloqueios foram colocados na saída da cidade.

Entretanto, não houve maiores danos. Um morador de Tel Aviv, em Israel, disse à agência Reuters que viajou apenas para brincar com a neve. “É uma ocasião rara, ter neve em Jerusalém”, disse Ben Miller.

G1