O governador João Azevêdo decreta luto oficial e lamenta a morte do conselheiro aposentado, ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), e ex-vice-governador da Paraíba, Juarez Farias, ocorrida na madrugada desta segunda-feira (8).

 
 

Considerado um dos mais conceituados homens públicos paraibanos, Juarez Farias, ao longo de sua trajetória, exerceu diversos cargos de relevância na gestão pública e privada, em âmbito estadual, regional e federal. Foi secretário de Planejamento da Paraíba (1966/1969), e exerceu funções de diretor do antigo Banco Nacional da Habitação, do Banco do Nordeste e da Eletrobrás. E ainda participou do projeto de criação da Sudene, sendo a primeira pessoa contratada pelo economista Celso Furtado. Escritor e historiador, em 2006, foi eleito presidente da Academia Paraibana de Letras e, em 2008, foi reeleito para novo mandato de dois anos.

Juarez Farias se destacou na vida política como vice-governador de João Agripino com exercício do Governo por diversas vezes – 12 de setembro de 1970 a 15 de março de 1971. Em 1991, foi empossado no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, corte da qual foi eleito presidente (1995/1996); e no período 2001/2002 foi corregedor do TCE. Aposentou-se no cargo de conselheiro em 2003.

O governador João Azevêdo se solidariza e apresenta condolências aos familiares e amigos pela perda irreparável. Com informações do WScom