Aos 34 anos de idade, Éder viverá uma experiência inédita na sua vitoriosa carreira como jogador de futebol: disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. Novo reforço do São Paulo, o atacante deixou o Brasil em 2005 com apenas 19 anos de idade após se destacar na Série B atuando pelo Criciúma. O destino foi a Itália, onde acabou se tornando um dos brasileiros de maior sucesso.
Seu primeiro clube no país foi o Empoli, onde fez uma grande temporada em 2009/2010, estufando as redes 27 vezes em 42 jogos. Na época, porém, a equipe disputava a 2ª divisão italiana. Os gols, no entanto, chamaram a atenção do Brescia, que o contratou no ano seguinte.
A passagem por lá, seria curta. Em 2011/2012, retornou à Série B, dessa vez para defender o Cesena, onde foi ainda mais relâmpago. Antes do fim da temporada já estava jogando pela Sampdoria, na elite nacional, onde finalmente se firmou e começou a brilhar. Foram 136 partidas e 49 tentos anotados em quatro anos no clube, o suficiente para levar o atacante a se naturalizar e defender a seleção da Itália, em 2015.
O sucesso no país, com direito à convocações, o fez trocar a Samp pela Inter de Milão, em 2016. Éder ficou por lá até o meio de 2018, quando se transferiu para o Jiangsu Suning, da China, seu último clube até então.
Antes de deixar a Internazionale, porém, o jogador teve tempo de se tornar um dos brasileiros com mais gols na história da Serie A. Da sua estreia pelo Empoli até a sua despedida da Inter, foram 245 jogos na 1ª divisão italiana e 60 bolas na rede, a 9ª maior marca entre os brasucas. Em números gerais, Éder está à frente de nomes como Ronaldo, Amoroso e Alexandre Pato. Veja o top 10:
BRASILEIROS COM MAIS GOLS NA HISTÓRIA DO ITALIANO
1 – Mazzola – 216 gols
2 – Luis Vinicio – 152 gols
3 – Dino da Costa – 107 gols
4 – Sergio Clerici – 103 gols
5 – Angelo Sormani – 97 gols
6 – Adriano – 79 gols
7 – Kaká – 77 gols
8 – Careca – 73 gols
9 – Éder – 60 gols
10 – Amarildo: 59 gols