Hélio dos Anjos pediu demissão do Náutico nesta quarta-feira

Hélio dos Anjos não é mais treinador do Náutico. O comandante pediu o seu desligamento do clube na manhã desta quarta-feira (18), após a quinta derrota consecutiva do Timbu na Série B. Em sua rede social, o ex-técnico do Náutico comunicou em primeira mão a sua saída do clube e agradeceu a membros da direção e ao executivo de futebol Ari Barros.

Sem vencer há seis jogos e amargando cinco derrotas consecutivas, Hélio dos Anjos pediu demissão e não é mais técnico do Náutico. Apesar de ter assegurado, na coletiva após o revés para o Cruzeiro, que continuaria nos Aflitos, o experiente comandante mudou de ideia e renunciou ao cargo na manhã desta quarta-feira. Junto com ele, o auxiliar Guilherme dos Anjos também deixa o clube.

Hélio dos Anjos chegou ao Náutico, em novembro de 2020, com a missão de salvar a equipe do rebaixamento. Àquela época, eram 86% de chance de queda à Série C, mas a situação logo foi contornada pelo técnico, que evitou o descenso com uma rodada de antecedência. Com o sucesso, a diretoria alvirrubra renovou com o comandante até o final da atual Série B. 

Em sua terceira passagem pelo Náutico, Hélio dos Anjos esteve à beira do campo em 48 partidas. Ao todo, somou 22 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, o que totaliza um aproveitamento de 56% dos pontos disputados. Além de salvar a equipe do rebaixamento, Hélio conquistou o Campeonato Pernambucano deste ano, em cima do Sport, quebrando um tabu de 53 anos sem vencer o rival em final.
O Náutico é o sexto colocado na tabela de classificação com 30 pontos, um a menos do que o Goiás, que fecha a zona de acesso à Série A ocupando a quarta posição. O Timbu volta a jogar na próxima terça (24), às 21h30, contra o CSA, no Rei Pelé, pela 20ª rodada.