Nesta terça-feria, dia 17, o grupo político de oposição no município de Lagoa de Dentro, no agreste paraibano, esteve concedendo entrevista ao programa Tribuna do Povo na Rádio Cultura 94 Fm. De Guarabira, no brejo paraibano.

Os vereadores, Adelson Freire, Valdemir Gomes e Elder Fernandes estiveram falando sobre diversos assuntos referentes a política do município e principalmente sobre o último pleito eleitoral. Também participaram da entrevista o ex-pré-candidato a prefeito Neto Freire, seu filho Bruno, ex-vice na chapa com Camaf Douglas, o ex-vereador Humberto Florêncio e o deputado estadual Tião Gomes.

A entrevista foi iniciada com o vereador Valdemir que falou sobre o ato de traição do ex-candidato a prefeito do grupo, Camaf, que segundo ele teria sido apoiado pela verdadeira oposição.

“Foi assumido um compromisso com o deputado Tião Gomes e do dia para a noite esse rapaz que foi nosso candidato a prefeito, ele sumiu e depois apareceu declarando apoio a uma pré-candidata do vale do Mamanguape, que ele teria traído também”, disse Valdemir ao comentar sobre a possível traição.

Sobre o anúncio do apoio do prefeito Zezinho da Rapadura ao governado João Azevedo, Valdemir disse ser importante esse apoio, mas não concorda com alguns acontecimentos onde algumas conquistas do governo do estado só estão sendo possíveis graças ao deputado Tião Gomes e não através do deputado Ricardo Barbosa como tem sido divulgado.

“Eu não subo no palaque que Zezinho está, eles têm um histórico de traição muito grande e não estranharia se lá na frente aparecem dando apoio a outro candidato que não seja o governador”, disse Valdemir.

Os demais enveradores são unanimes em suas falas quando o assunto é a traição de Camaf com destaque para a fala de Neto Freire que disse que não se arrependeu de ter desistido da candidatura para apoiar Camaf, mas não esperava pelo ato de traição.

“Nós tínhamos um acordo… eu penso que ele deu um tiro no pé, em deixar um grupo consolidado. Nós confiamos em Camaf, trabalhamos juntos e ele nos traiu, ele traiu a nossa confiança e a cada dia que passava, nós descobríamos uma traição diferente”, disse Neto Freire.

Adelson Freire disse que o verdadeiro grupo de oposição é este composto pelos três vereadores e fez referência ao ex-prefeito Washington Freire que segundo ele ainda é a maior liderança política do grupo.

Para 2022 o grupo irá caminhar e continuar dando apoio ao governador João Azevedo e para as eleições em 2024 o grupo ainda deverá analisar qual o melhor nome para a disputa e acreditam que saíram fortalecidos do último pleito e também não descartaram a possibilidade de estarem unidos com Camaf.

 

 

Nordeste 1