Ministro Paulo Guedes com Ariton Antonio Soligo (Cascavel) , assessor especail do ministro da Saúide, Eduardo Pazuello, durante entrevista sobre vacina e auxílio emergencial, no Palácio do Planalto. Sérgio Lima/Poder360 08.03.2021

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (7) que a privatização da Petrobras não está na “lista” de empresas que devem ser vendidas, “pelo menos neste primeiro governo”, nas palavras dele.

A venda da estatal de petróleo nunca chegou a ser anunciada oficialmente, mas nos últimos meses o próprio presidente Jair Bolsonaro citou essa possibilidade como resposta ao aumento do preço dos combustíveis.

“Sobre a privatização da Petrobras, todo mundo sabe que eu defendo a privatização de todas as companhias. Mas a Petrobras não está na lista pelo menos neste primeiro governo”, disse, durante evento do setor financeiro.

O ministro disse também que as privatizações serão assuntos da campanha presidencial do próximo ano, em que Bolsonaro concorre à reeleição.

“Acho que isso será um assunto na campanha, e todo mundo sabe onde eu estarei na campanha”, afirmou.

O Globo