A Prefeitura de Lucena e a Câmara de Vereadores da cidade serão alvo de investigação após denúncia recebida pelo Ministério Público a respeito de contratação de funcionários fantasmas. O procedimento preparatório para investigar denúncia foi instaurado pelo promotor Ronaldo José Guerra.

A informação foi divulgada na tarde de hoje, pelo Sistema Arapuan. Conforme o Ministério Público, “a instauração do procedimento preparatório acontece devido à necessidade de realização de outras diligências para possibilitar esclarecimentos sobre o caso”, diz o documento que foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público.
A promotoria determinou que Prefeitura e Câmara sejam informadas do procedimento e encaminhem a documentação dos funcionários litados na denúncia no prazo de 10 dias.

Após a oficialização, serão realizadas diligências preparatórias, notificações, tomada de depoimentos e declarações, além da requisição de documentos, perícias e informações, conforme as necessidades dos investigadores.

FONTE: Paraíba Rádio Blog