Duas pessoas foram presas na Prefeitura de Alhandra, Litoral Sul da Paraíba, durante operação da Polícia Civil em conjunto com o Gaeco nesta quinta-feira (31). De acordo com as investigações, uma mulher usava a identidade da cunhada para exercer um cargo público.

A suspeita ocupava cargo público na Secretaria de Ação Social do município. Tanto ela quanto a cunhada que tinha o nome usado foram detidas.

Agentes do Gaeco e da Polícia Civil também apreenderam celulares, computadores e documentos na secretaria.

 

PB Agora