A senadora Daniella Ribeiro revelou, durante o seu ato de filiação como presidente estadual do PSD, um fato que lhe causou “estranheza”.

O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) teria lhe enviado uma mensagem solicitando um encontro e, mesmo assim, a criticou ontem, durante evento de Efraim Filho (União Brasil) e Pedro Cunha Lima (PSDB), pré-candidatos a senador e governador, respectivamente.

“Enviou mensagem para falar comigo e me criticou ontem. Não entendi”, disse.

Durante sua fala no evento de ontem, o tucano saiu em defesa do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSC), classificando a sua destituição do comando do PSD como “prática de política cartorial”.

 

PB Agora